O boletim epidemiológico de hoje regista um total de pessoas 364 internadas, das quais 88 em unidades de cuidados intensivos, onde entraram mais cinco doentes.

É o número mais alto de internamentos com covid-19 desde 26 de abril, quando estavam internadas 365 pessoas.

A maior parte dos novos casos de infeção (804) foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo.