"Um Ivanov  - Ensaio Sobre a Mentira", baseado no clássico de Anton Tchekov, tem dramaturgia e encenação de Maria do Céu Guerra, tradução de Sinde Filipe e música original de António Victorino de Almeida

Maria do Céu Guerra recorda o processo de criação deste espetáculo:

"A 15 de Março de 2020 encerrámos as portas do Teatro Cinearte suspendendo os espectáculos em cena, os ensaios de Ivanov e a preparação de O Elogio da Loucura.

Durante a quarentena, naquela solidão aterradora, a razão parecia levar-me a desistir da minha querida obra de Tchekhov. Rearrumei a minha biblioteca e fui pensando. Reencontrei obras sobre as pestes, reli Camus, Artaud, Jack London, Poe.

A situação tendia para substituir o que tínhamos em mãos e pensar tudo outra vez. Mas uma reflexão mais calma levou-me às razões pelas quais eu queria tanto fazer esta peça.

Afinal a pandemia só era tão assustadora porque o estado do mundo já era assustador: a pobreza, o abandono dos fracos, o aquecimento global, a saúde, o ensino, a cultura a esbracejarem de incompreensão, nos países ricos e pobres, e o mundo a calar-se ou a mentir. Milhões de pessoas a morrerem de fome e outros milhares de milhões a serem gastos por muito poucos a inventar uma rota de fuga para um novo planeta sem riscos... Mentiras. Factos alternativos. Mentiras.

Então voltei aos temas da minha peça: a revelação da mentira e da calúnia assassina como crime e a condenação do mundo que exige uma impossível coragem aos pobres, aos doentes, aos velhos, aos deprimidos. A mentira que mata e a obrigação de resistência a quem não tem onde ir buscá-la.

Reavaliei a opinião que gritava de dentro das televisões “é preciso fazer tudo a partir da nova situação da pandemia” e repensei “é preciso fazer tudo a partir da valorização do ser humano”. É isso, o mundo tem de ser revisto pelos olhos agudos de Tchekhov, é preciso verdade, tolerância, generosidade e justiça.

Uma espada desembainhada contra a mentira e a demagogia."

O espetáculo tem a duração de 2h e classificação etária de M/12.

Além de Sines, o espetáculo será apresentado no Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém, no dia 24 de junho, e no auditório da ESPAM, em Vila Nova de Santo André, no dia 25.

A venda de bilhetes decorre na semana do espetáculo, sendo o seu custo de 5 euros para o público em geral e 3 euros para sócios da AJAGATO, jovens até aos 18 e pessoas com mais de 65 anos.

A realização do espetáculo decorre de acordo com as orientações da Direção-Geral de Saúde em vigor.

O Litoral EmCena é um projeto intermunicipal promovido pela AJAGATO em parceria estratégica com as Câmaras Municipais de Santiago do Cacém e de Sines e cofinanciado pelo FEDER, fruto da candidatura n.º ALT20-14-2020-02 – Património Cultural.

O projeto consiste na apresentação mensal de espetáculos de teatro de companhias profissionais nas três cidades do triângulo urbano Sines-Santiago do Cacém-Santo André e nas sedes das freguesias rurais dos dois municípios.