As novas instalações vão “nascer” numa parcela de terreno localizada a norte do Cabo de Sines, cedida pela Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APSA), cujo contrato de cedência foi assinado nesta quarta-feira, em Sines.

Trata-se de um investimento que ronda um milhão de euros, financiado em 85% pelo programa operacional regional Alentejo 2020 e que deve estar pronto no final de 2021.

Segundo Ana Costa Freitas, reitora da Universidade de Évora, “a implementação deste projeto representa um novo impulso ao desenvolvimento das ciências do mar e, em particular, na costa alentejana, tanto nas áreas da investigação científica e inovação, como do desenvolvimento tecnológico e da transferência de conhecimento a empresas e outras entidades do setor, além do apoio ao ensino superior e à promoção da cultura científica”.

“É um projeto muito importante para Sines, que reforça o investimento no estudo e na investigação nesta área do mar e da economia do mar e que reforça a nossa parceria com a Universidade de Évora e com a Câmara Municipal de Sines” referiu o presidente do conselho de administração da APSA, José Luís Cacho

O CIEMAR é uma unidade interdepartamental da Universidade de Évora que funciona em Sines, desde 1990, em instalações provisórias cedidas pela câmara municipal.


Comente esta notícia


SINES