Em cada localidade, o ciclista teve disponíveis para venda camisolas técnicas alusivas à iniciativa, para todos os que quisessem apoiar a instituição.

A primeira etapa, realizada no dia 16 de agosto, teve início em Reguengos de Monsaraz e paragem em Campo Maior. No dia seguinte, o ciclista pedalou até Castelo de Vide e, depois, até Idanha-a-Nova.

Seguiu o percurso até à Guarda, na quinta etapa até Figueira de Castelo Rodrigo e Miranda do Douro na sexta etapa. A sétima foi até Vinhais, a seguinte Montalegre e continuou para Ponte da Barca.

O ciclista José Cebola prosseguiu a descer o país junto à costa até Viana do Castelo e, na décima etapa, fez uma paragem em Aveiro. Seguiu-se a Nazaré, descendo depois até Lisboa. Da capital, o ciclista parou em Sines, de onde partiu até Aljezur. Já no Algarve, passou por Portimão e Vila Real de Santo António.

No regresso ao Alentejo, o ciclista parou em Mértola e Serpa, terminando a Volta a Portugal Solidária na cidade onde iniciou o percurso, Reguengos de Monsaraz, no dia 5 de setembro.

A Câmara Municipal de Sines associou-se a esta iniciativa, criando todas as condições para a paragem do atleta na cidade.


Comente esta notícia


SINES