O Autarca salienta que, hoje, “vivemos um tempo de dificuldade, um tempo de incerteza, um tempo que seguramente jamais pensaríamos viver.” Agradecendo, “em meu nome pessoal, a todos vós que, com empenho e dedicação, asseguram os serviços essenciais e imprescindíveis às populações.”

Para Álvaro Beijinha este é também “um tempo de solidariedade.” Apelando à consciência de quem gere os espaços comerciais, “para a vossa colaboração, no sentido de criarem condições para o atendimento prioritário, nos vossos estabelecimentos, a profissionais de saúde, bombeiros, GNR e agentes da Proteção Civil.”

O Presidente do Município de Santiago do Cacém sublinha que “com a força da nossa união e da nossa determinação seremos mais fortes, e mais rapidamente iremos vencer esta batalha”.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém está a acompanhar em permanência o desenvolvimento da situação e a atualizar as medidas de proteção e contenção, de acordo com as orientações das entidades públicas nacionais. Apelando à população para seguir rigorosamente todas as recomendações das autoridades de saúde, evitando comportamentos de risco.


Comente esta notícia


SINES