O concelho de Aljezur, é servido em termos de água de consumo publico, pelas Aguas do Algarve, que serve todo o seu território. Em termos agrícolas, a zona norte do mesmo (Odeceixe e Rogil) é abastecido pelo Perímetro de Rega do Mira, a partir da Barragem de Santa Clara.

Esta situação, que tem vindo a agravar-se, nos últimos anos, assim como as fortes preocupações com as alterações climáticas, que se impõem na ordem do dia mundial e são transversais a todos, «pelo que vemos com alguma preocupação, a vinda de culturas a serem implementadas no nosso concelho, nomeadamente a implementação do cultivo do abacate, em vários locais do nosso território, em zonas de alguma sensibilidade ambiental, junto a linhas de água e ribeiras», adianta o edil.

A transformação e intensificação de culturas agrícolas, no perímetro de rega, começa a criar alguma pressão e transformação, com preocupações acrescidas, por termos um Perímetro Rega do Mira, dentro de um Parque Natural. Muita tem sido a polémica relacionada com a implementação destas “unidades” de produção intensiva, nomeadamente no Algarve, atendendo às exigências hídricas associadas a este género de cultura, numa altura que a seca extrema, começa a ter as suas consequências.


Comente esta notícia


SINES