Marginal de Vila Nova de Milfontes em obras

Foto: Joaquim Bernardo

André Matoso, presidente da Sociedade Polis Sudoeste, explicou que esta intervenção tem como objetivo, a “requalificação dos espaços públicos, garantindo uma melhor mobilidade para todos com a colocação de um novo piso e melhorando os espaços de estadia de forma a dinamizar a vivência de rua”.

A intervenção privilegia também a “circulação pedonal e os espaços de lazer, disciplinando e controlando a circulação automóvel. Os acessos à praia da Franquia são melhorados e acessíveis para todos”.

Esta avenida marginal é utilizada para a realização de eventos e para a realização de passeios a pé já que fica situada junto à foz do Rio Mira e dá acesso a várias praias.

Para Francisco Lampreia, presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova de Milfontes, “é uma obra muito importante já que vem melhorar a mobilidade numa zona muito procurada pela população. Vai receber novo mobiliário urbano e melhorar o acesso à praia o que é muito importante para quem aqui vive e para todos aqueles que nos visitam”.  

A obra deve estar concluída no final de maio de 2020, antes da época balear, e custa 386 mil euros co-financiado em 85% pelo programa Alentejo 2020.


Comente esta notícia

Boa tarde. Amo de paixão Milfontes. E tudo o que aconteça para melhor nesse paraíso de terra fico satisfeito. Obrigado

Eduardo Taborda

14/02/2020

Acho que a avenida devia ser espaço sem alcatrão,só para passar e o transporte até ao farol devia ser feito pelo comboio...deixar de haver alcatrão e carros ...

Maria Luísa Monteiro

11/02/2020

E alguém sabe exactamente o que vão fazer? Aquela marginal é um sorvedouro de dinheiro. Contrariar a natureza, custa uma fortuna ao contribuinte. Entretanto, a margem sul do rio está a encurtar de dia para dia e um dia destes começa a levar o restaurante Oásis.

João Pinto

06/02/2020


SINES