Em todos os agendamentos, apela a ULSLA, o utente só deve comparecer 10 minutos antes da hora marcada, para evitar muitas pessoas acumuladas para atendimento e em salas de espera.

Quando se dirigirem ao hospital ou aos centros de saúde, os utentes devem ser portadores de máscara de proteção (cirúrgica ou social), conforme norma em vigor.

Só se deve levar um acompanhante nas situações mesmo essenciais, sendo que, caso seja possível e conveniente, o acompanhante deve aguardar o utente no espaço exterior.

Informa também a ULSLA que, de momento, mantém-se a restrição das visitas aos internamentos.

A ULSLA recomenda que os utentes não urgentes devem privilegiar, em primeiro lugar, o contacto telefónico e/ou email, antes de se dirigir ao Centro de Saúde ou ao Hospital.

Os contactos privilegiados devem ser em caso de doença não urgente, a linha SNS 24 (808 24 24 24) e em caso de doença urgente, deve ligar para a linha de emergência 112.

 


Comente esta notícia


SINES