O Plano de Mobilidade do Torrão vai, assim, avançar para uma segunda fase, que representa um investimento municipal de 88.923,53 euros, tendo a autarquia conseguido que o projeto recebesse um financiamento do FEDER de 75.585,00 euros.

Esta segunda fase prende-se com a necessidade de alargar o perímetro do Plano de Mobilidade do Torrão, consolidando a zona de intervenção e reforçando a capacidade de concretização dos indicadores previamente estabelecidos.

Nas obras do Interface de Transportes, o Município conseguiu alargar o financiamento e obter mais 341.899,24 euros do FEDER.

Arêz e Vale de Guizo vão beneficiar da construção de um espaço comunitário, que inclui uma zona de jogo (campo) e uma zona de observação (bancada), uma iniciativa que visa dinamizar as duas localidades, quebrar algum isolamento físico das mesmas em relação à cidade, e incentivar a prática de desporto e hábitos de vida saudável.

De um investimento municipal de 250.000,00 euros, a Câmara angariou uma comparticipação no valor de 212.500,00 euros. 

Este reforço de financiamento representa mais 629.984,24 euros a somar às verbas já obtidas.

 


Comente esta notícia


SINES