Segundo fonte da GNR, a detenção ocorreu na sequência de “uma denúncia por violência doméstica”, em que a vítima, uma mulher de 28 anos, “sofria de maus tratos psicológicos” o que a levou a sair de casa com os três filhos menores.

Os militares deslocaram-se à residência do indivíduo, onde apreenderam quatro armas de fogo, nomeadamente uma arma de caça, calibre 12, duas armas de ar comprimido, calibre 4,5mm, uma arma transformada de calibre 4,5mm para .22, uma pistola de calibre .22 e 400 munições de calibre .22.

As autoridades continuam a investigar as denuncia de violência doméstica.

O suspeito como não tinha licença de uso e porte de armas, foi constituído arguido tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Grândola.

 


Comente esta notícia


SINES