A junta de freguesia justifica este atraso com “a regularização administrativa que implica a adjudicação do serviço de transporte, levará o seu tempo para a conclusão do mesmo, pelo que não nos é possível indicar uma data para o seu início, mas estamos todos a envidar esforços para que seja o mais rápido possível”.

O mesmo comunicado a autarquia explica que “relativamente às crianças que não tenham AECS, quer por falta de professor ou por não estarem inscritos, não nos é possível assegurar o transporte, podendo, no entanto, os respetivos pais ou encarregados de educação levar as crianças para o ATL”.

A junta de freguesia apela aos pais e encarregados de educação para que “tendo em conta a situação que atravessamos e as dificuldades sentidas por todos nós, solicitamos a colaboração no sentido de, até ao início dos transportes, assegurarem o transporte dos vossos educandos”.

Vários pais contactaram a Rádio Sines reclamando desta situação, já que “não conseguem conciliar o seu emprego com o horário de entrada dos filhos, que é às 08h00, 8h30, 09h00 e 09h30”.


Comente esta notícia


SINES