Grupo checo “Clarinet Factory”

No dia 16 de maio, às 21h30, no Castelo de Sines, realiza-se um concerto com o grupo checo “Clarinet Factory”, um quarteto de clarinetistas que se move nas fronteiras entre a música clássica e contemporânea, o jazz, a world music, a música eletrónica e os projetos interdisciplinares de marcado caráter inovador.

Ao longo dos seus 20 anos de existência, já obteve inúmeras distinções, designadamente nos Classic Prague Awards e na American International Songwriting Competition.

No dia 7 de julho, às 9h30, com ponto de encontro nos Paços do Concelho, acontece a iniciativa “Nereu e Proteu: Vigiar e Cultivar o Mar”, uma ação com o objetivo de dar a conhecer uma forma de valorização dos recursos naturais da zona costeira através de atividades que, não sendo as principais do porto, ajudam a diminuir o impacto da pesca e o declínio de espécies oceânicas.

A atividade contará com a colaboração da Administração dos Portos de Sines e do Algarve, do Laboratório de Ciências do Mar da Universidade de Évora e do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente.

Este ano sob o mote “Uma Breve Eternidade: Emoções e Comoções na Música Europeia (Séculos XII-XXI)”, o Festival Terras sem Sombra irá passar, além de Sines, pelos concelhos de Vidigueira, Barrancos, Mértola, Arraiolos, Castelo de Vide, Alter do Chão, Santiago do Cacém e Odemira.

O festival é organizado pela Associação Pedra Angular e tem o apoio da Câmara Municipal de Sines.


Comente esta notícia