A um mês do inicio das competições, os dirigentes desesperam por respostas para saber quando é que “podem treinar normalmente, se podem realizar jogos de preparação e se nas atuais condições é possível iniciar as competições”.

A maior preocupação é a possível obrigação de realizar testes ao Covid-19 todas as semanas, o que se torna financeiramente insustentável para os clubes.

Cada teste custa cerca de 100 euros, o que numa equipa de futebol 11 totaliza cerca de 10 mil euros por mês e cerca de 80 mil euros anuais.

Para os clubes que tem várias equipas é só multiplicar este valor pelo número de equipas, o que se torna insustentável a nível financeiro.

Outro problema é a falta de capacidade para realizar os testes, faltam testes e não existem laboratórios com capacidade suficiente para testar tantas pessoas ao mesmo tempo.

São cerca de 500 mil, os praticantes federados de futebol, futsal, andebol, basquetebol, voleibol e hóquei em patins.


Comente esta notícia


SINES