Acidente em Cercal do Alentejo

O alerta foi dado pela patrulha da GNR, cerca da 1h14, mas quando os bombeiros chegaram ao local já a vitima estava paragem cardiorrespiratória.

Vito Tomáz, comandante dos bombeiros de Cercal do Alentejo referiu que “o alerta foi dado pela patrulha da GNR que passava no local, quando os nossos bombeiros chegaram ao local a vitima estava encarcerado e em paragem cardiorrespiratória. Procedemos à sua extração, realizámos manobras de reanimação com o apoio da equipa da VMER, mas sem sucesso, o óbito foi declarado no local pelo médico da Viatura Médica e Reanimação do HLA”.

O corpo da vitima foi transportado para a morgue do Hospital do Litoral Alentejano onde vai ser autopsiado.

Nas operações de socorro estiveram os bombeiros de Cercal do Alentejo, a VMER do Hospital do Litoral Alentejano, num total de 9 operacionais, apoiados por 4 viaturas.

O NICAV da GNR tomou conta da ocorrência e vai agora investigar as causas do acidente.


Comente esta notícia


SINES