Cante Baldão acompanhado com Viola Campaniça - 7 Maravilhas da Cultura Popular

Foto: C. M. de Odemira

O Padrinho do Cante Baldão com Viola Campaniça é o músico Pedro Mestre.

O Cante ao Baldão com Viola Campaniça continua em competição nas 7 Maravilhas da Cultura Popular, junto dos 20 segundos classificados nos 20 programas da RTP dedicados aos 18 distritos e 2 regiões autónomas.

No dia 16 de agosto realiza-se um programa de repescagem, onde o voto do público decidirá quais os 8 repescados, a partir dos 20 segundos classificados nas finais regionais. 

Os 28 semi-finalistas serão distribuídos em duas semifinais, que irão apurar os 14 finalistas, a realizar nos dias 23 e 30 de agosto. 

A 5 de setembro serão divulgadas as 7 Maravilhas da Cultura Popular.

O cante ao baldão, tal como é cantado na região, é praticado apenas no Baixo Alentejo e preservado em escassas zonas serranas, como no concelho de Odemira.

É um canto de despique, de improviso belicoso, cheio de regras e ajustes, que obedece a um "ponto", que se cantava nas feiras, nas tabernas e em qualquer serão. Ainda hoje persiste esta forma de cantar, sobretudo nas aldeias do interior.

A viola campaniça, que também se encontra apenas no Baixo Alentejo e tem características únicas, acompanha estes cantares. 


Comente esta notícia


SINES