Recorde-se que a câmara municipal tem vindo a reivindicar a reparação completa do IC1, entre a Marateca e Alcácer, semelhante à que foi feita entre Alcácer e Grândola.

Foi ainda entregue um abaixo-assinado da população de Palma, a reclamar mais segurança nos acessos à aldeia.

Segundo fonte da autarquia, “as IP - Infraestruturas de Portugal comprometeram-se a dar início ao projeto, para mais tarde lançarem o concurso, numa obra estimada em 6 milhões de euros. Assumiram, igualmente, o compromisso de minimizar o mau estado atual da estrada, efetuando reparações nos troços mais degradados e que apresentam maior perigo para os automobilistas. Informaram ainda que, em breve, iria ser lançado concurso para melhoria do troço Palma – Marateca”.

Relativamente à EN253 – Comporta - Alcácer, “as IP aceitaram o contributo do Município para estudar o alargamento das bermas e, a curto prazo, criar bolsas de estacionamento e segurança para os automobilistas, ao longo dos mais de 20 quilómetros de via”.

Foi também colocada a questão da melhoria na Rua de Beja/ EN2, no Torrão, tendo sido respondido pelas IP que “o assunto se encontra em processo de análise e que, logo que tenham mais informação, partilharão com a autarquia”.

Na reunião que decorreu em Almada, participaram o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, Vítor Proença, a vereadora Ana Soares, o presidente da União das Freguesias, José Passos, o secretário da Junta de Freguesia de Comporta, Nuno Bacalhau e o vice-presidente das IP - Infraestruturas de Portugal, José Serrano Gordo.  


Comente esta notícia


SINES