A operação de abertura desta lagoa ao mar é um procedimento que visa a renovação da água, melhorando a qualidade do respetivo ecossistema, sendo coordenada por aquele departamento regional da APA, em estreita colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, face ao interesse comum na manutenção da qualidade da água desta lagoa, contando igualmente com a importante colaboração da Autoridade Marítima Nacional, através da Capitania do Porto de Sines.

Perante as orientações oportunamente definidas para reforço da contenção da pandemia associada à COVID-19, a Agência Portuguesa do Ambiente considera necessário que sejam rigorosamente aplicadas à operação de abertura da referida lagoa ao mar, as recomendações da Direção-Geral da Saúde, no que se refere à contenção de contactos sociais, evitando a concentração de pessoas, pelo que se apela a que todos os que sejam estranhos a estas operações, assumam um comportamento responsável, contribuindo para evitar o impacte da COVID-19, sem criar situações desnecessárias de risco para a saúde pública.

Assim, a Agência Portuguesa do Ambiente apela a todos para que respeitem as informações disponibilizadas no terreno e as instruções transmitidas pelas autoridades envolvidas nesta operação (GNR, Polícia Marítima, Autarquia, APA e ICNF), no sentido de evitar a concentração de pessoas na zona das operações e sua envolvente próxima.


Comente esta notícia


SINES